Divirta-se e aprenda

Os melhores livros infantis para encantar você encontra aqui.

Categoria: Poemas

Poema do dia – Especial de ano novo

anjinha

Para celebrarmos a chegada do ano novo, trazemos um poema especial, extraído do livro Preces e Poemas, da Alis Editora. O poema é também um desejo de um ano repleto de muitas alegrias, vitórias e conquistas.

E tudo isso é uma síntese do que a Alis Editora deseja para você. Feliz 2014!

Asas dos Anjos

Que todos os que sintam frio
se aqueçam no colo quente da mãe.
Que todos os que têm fome
tirem o alimento da terra.
Que todos os que têm medo
sintam o abraço das asas dos anjos.

E que todas as suas necessidades
sejam preenchidas.
E olhando para dentro
Descubram sua fonte infinita.

E através do silêncio
toquem a realidade invisível,
nascendo neles a certeza
que cria milagres na vida.

Evelyn Zayden

Poema de Natal

natal

O Natal está ai e com ele aquele sentimento de carinho e união que aproxima as pessoas e nos ajuda a ter mais esperanças no futuro. A Alis Editora não poderia deixar de agradecer a todos pelo carinho e confiança em nosso trabalho e desejar-lhes um feliz Natal, repleto de paz, amor e muitas alegrias.

E para celebrarmos essa data deixamos aqui um belíssimo poema do livro “Meu Vilarejo e outros poemas”, de José Campos de Freitas.

Natal

Com que felicidade
Preparas a ceia
Para a família aqui reunida…

Como eras só dádiva
De ternura e sorriso,
Toda esquecida do mal
Que te minava sem piedade…

Não, mamãe, eu não vou prosseguir…
São longas as recordações…
E tenho a voz invencivelmente embargada…

Perdão mamãe, mas eu me vou…
Dói demais a sala vazia,
O tique-taque do relógio das horas felizes,
O ranger da rede em que nos ninava,
O gotejar da chuva no terraço,
Semelhando os passos furtivos de Papai Noel…

Não mamãe, eu me vou…
Mesmo porque o sino já toca
E não gostavas que nenhum de nós
Perdesse a Missa do Galo…

Ah, mamãe, não me esqueci
Do presente de Natal que mais querias:
Confessei-me e vou oferecer a Jesus,
Por seu aniversário,
Um coração perdoado.

Poema do dia – Paisagem

serra do curral

A poesia do dia que separamos para hoje chama-se Paisagem e vem do belo livro “Poetando”, de Flávia Menegaz, publicado pela Alis Editora.

Paisagem

Seis horas.
A Serra do Curral exala seu silêncio sobre a cidade
o verde-água vai tingindo a tela com cheiro de capim
e transparência de brisa

Cores vivas no horizonte
festa de fim de dia

Um coração solitário
desenha praças e avenidas
seu lápis descobre vultos pelas esquinas
e as primeiras luzes se acendem na ponta de seu pincel

o mesmo azul que escurece o canto da página
o obriga a ir embora

Guarda a paisagem com cuidado para não quebrar os edifícios
e entra no primeiro ônibus que o leve de volta à realidade

Para adquirir esse livro, clique aqui!

Poema do dia – Oração do Pão

pao

Hoje trazemos um belo poema do livro Preces e Poemas, publicação da Alis Editora.

Oração do Pão

O pão vem do grão,
o grão vem da luz,
a luz é a face de Deus
que a produz.
O fruto da terra,
que da luz de Deus
é que provém, que em
meu coração
possa transformar-se
em luz também.

Martin Tittmann

Para adquirir essa obra clique aqui e entre em contato com a Alis Editora.

Galeria de Livros

Fone: +55 (31) 3281.8482 E-mail: aliseditora@aliseditora.com.br Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
Siga-nos