Livros, contos e sonhos

Em cada página um mundo mágico te espera. Conheça a Alis Editora e embarque nessa aventura!

Categoria: Post

Biografia: Clarice Lispector

Clarice

Uma das mais brilhantes romancistas da literatura brasileira, Clarice Lispector, nascida em 10 de dezembro de 1920, em Tchetchelnik, na Ucrânia, chegou ao Brasil em março de 1922, em Maceió, Alagoas, onde morava Zaina, irmã de sua mãe.

Em 1925 mudou-se para Recife, onde viveu sua infância e adolescência, até 1937 quando mudou-se novamente, mas dessa vez para o Rio de Janeiro, na Tijuca. No Rio, Clarice, frequentadora assídua de bibliotecas, publicou seu primeiro conto “Triunfo”, formou-se em Direito em 1943 e casou-se com Maury Gurgel Valente, seu colega de turma.

Veio então seu primeiro livro, “Perto do Coração Selvagem”, de 1944, que retrata uma visão interiorizada do mundo da adolescência. O livro teve uma ótima recepção da crítica e conquistou o Prêmio Graça Aranha.

Como seu marido era Diplomata, Clarice acabou acompanhando-o em viagens pelo mundo e morou na Inglaterra, Estados Unidos e Suíça. Depois do nascimento de Pedro (1948) e Paulo (1953), Clarice e Maury se separaram em 1959 e a escritora voltou ao Rio de Janeiro com os filhos, onde tornou-se colunista do jornal Correio da Manhã.

Já em 1960, Clarice assumiu a coluna Só Para Mulheres, do jornal Diário da Noite e lançou o livro de contos “Laços de Família”, que recebeu o Prêmio Jabuti da Câmara Brasileira do Livro. Em 1961 ela publicou “A Maçã no Escuro” pelo qual recebeu o prêmio de melhor livro do ano, em 1962.

Em 1967, um incêndio, provocado por um cigarro aceso quando a escritora dormia, deixou Clarice Lispector gravemente ferida. Após várias cirurgias a autora permaneceu reclusa, mas ainda assim escrevendo. Vieram os contos infantis “A Mulher que matou os Peixes”, “Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres” e “Felicidade Clandestina”.

Em 1976 foi convidada para representar o Brasil no Congresso Mundial de Bruxaria, na Colômbia e, como mística estudiosa a respeito do sobrenatural, aceitou o convite.

Em 1977 Clarice Lispector escreveu “Hora da Estrela”, romance que teve, em 1985, uma versão cinematográfica dirigida por Suzana Amaral e conquistou diversos prêmios nacionais, além do Urso de Prata, em Berlim, concedido a atriz Marcélia Cartaxo, protagonista do filme.

Em novembro desse mesmo ano, Clarice descobriu que sofria de câncer generalizado. No mês seguinte, em 9 de dezembro, véspera de seu aniversário, Clarice faleceu, deixando um legado repleto de obras maravilhosas e com todo o reconhecimento e brilho de uma das mais importantes escritoras da literatura brasileira.

As obras de Clarice Lispector:

Romances:

Perto do Coração Selvagem, RJ, A Noite, 1944.
Lustre, RJ, Agir, 1946.
A Cidade Sitiada, A Noite, 1949.
A Maçã no Escuro, RJ, Francisco Alves, 1961.
A Paixão Segundo G.H., RJ, Francisco Alves, 1964.
Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres, RJ, Sabiá, 1969.
A Hora da Estrela, RJ, José Olympio, 1977.

Contos e crônicas:

Laços de Família, RJ, Francisco Alves, 1960.
A Legião Estrangeira, RJ, Ed. do Autor, 1964.
Felicidade Clandestina, RJ, Sabiá, 1971.
A Imitação da Rosa, RJ, Artenova, 1973.
A Via-Crucis do Corpo, RJ, Artenova, 1974.
A Bela e a Fera, RJ, Nova Fronteira, 1979.

Literatura infantil:

Mistério do Coelho Pensante, RJ, J. Álvaro, 1967.
A Vida Íntima de Laura, RJ, Sabiá, 1974.
A Mulher que Matou os Peixes, RJ, Sabiá, 1969.
Quase de Verdade, RJ, Rocco, 1978.

Poema do dia – Insônia

insonia

Mais um belo poema para o seu dia. Confira o poema Insônia, do livro Meu Vilarejo e outros Poemas, de José Campos de Freitas e publicado pela Alis Editora.

Insônia

Insônia que não me larga,
A remoer noite a dentro
Os problemas da vida.

Insônia e problemas
Que não os tinha quando,
Nas noites de nossa casa,
Rangia aquela rede
Com as cantigas de mamãe…

Não perca sono pensando em um bom livro para ler. Clique aqui, entre em contato com a Alis Editora e adquira um exemplar do Meu Vilarejo e outros poemas.

Os 70 anos do Pequeno Príncipe

Pequeno Príncipe - livro

Um dos maiores clássicos do mundo é, sem dúvida alguma, o livro O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry. O que pouca gente sabe é que essa obra fantástica já tem mais de 70 anos! Apesar da idade, pelas vendas, pela popularidade e pelo valor desse livro, o título se mantem jovem e sempre atual.

Publicada em 1943, a obra Saint-Exupéry é um tesouro da literatura mundial e figura constantemente nas listas de livros mais vendidos.

Baseando-se na sua experiência como aviador, na Segunda Guerra Mundial, o conto de Saint-Exupéry é sobre um piloto que, perdido no deserto, encontra um jovem príncipe, que também caiu dos céus.

Classificar O Pequeno Príncipe como uma obra infantil é, para muitos, reduzir seu valor, pois o livro é considerado por muitos especialistas em literatura, uma obra universal, com reflexões extremamente profundas e ensinamentos para toda a vida.

Antoine de Saint-Exupéry faleceu após seu avião ter sido abatido no Mediterrâneo, em 1944. Graças a sua inspiração o mundo e os leitores de O Pequeno Príncipe sempre terão em mente uma dúvida maravilhosa que carregam no coração:

“Eis aí um mistério bem grande. Para vocês, que amam também o principezinho, como para mim, todo o universo muda de sentido, se num lugar, que não sabemos onde, um carneiro, que não conhecemos, comeu ou não uma rosa… Olhem o céu. Perguntem: Terá ou não terá o carneiro comido a flor? E verão como tudo fica diferente.”

 

Poema do dia – Especial de ano novo

anjinha

Para celebrarmos a chegada do ano novo, trazemos um poema especial, extraído do livro Preces e Poemas, da Alis Editora. O poema é também um desejo de um ano repleto de muitas alegrias, vitórias e conquistas.

E tudo isso é uma síntese do que a Alis Editora deseja para você. Feliz 2014!

Asas dos Anjos

Que todos os que sintam frio
se aqueçam no colo quente da mãe.
Que todos os que têm fome
tirem o alimento da terra.
Que todos os que têm medo
sintam o abraço das asas dos anjos.

E que todas as suas necessidades
sejam preenchidas.
E olhando para dentro
Descubram sua fonte infinita.

E através do silêncio
toquem a realidade invisível,
nascendo neles a certeza
que cria milagres na vida.

Evelyn Zayden

Galeria de Livros

Fone: +55 (31) 3281.8482 E-mail: aliseditora@aliseditora.com.br Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
Siga-nos